Google+ Followers

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Reformando Móveis com Contact



Reformando Móveis com Contact




 

 

 






Sabe aquele armários da cozinha ou qualquer outro móvel que você olha e sente que ele já não te agrada tanto??? Pois é, hoje vou passar uma dica super fácil, barata e dar uma carinha nova naquele móvel que você até gosta, mas que já não lhe agrada tanto. 

O truque é o famoso papel contact... aquele transparente muito usado para encapar livros e cadernos. O que pouca gente sabe é que existe uma infinidade de cores e estampas de contact, podendo ser usado para as mais diversas finalidades.

O papel contact é vendido por metro e pode ser encontrado em qualquer papelaria. O metro aqui em Goiânia varia muito, vai de R$ 4,00 até R$ 12,00. Então vale a pena pesquisar um lugar mais em conta.

Então, vamos as mudanças!!!!

Materiais necessário:


Papel contact
Tesoura
Chave de fenda
Trena ou fita métrica
Espátula de silicone
Flanela
Desengordurante ou álcool


Como fazer:

Com a chave de fenda retire os puxadores das gavetas

E, também, das portas
Com a flanela e o desengordurante (ou álcool) limpe toda a peça. Os resíduos de sujeira podem deixar a peça com bolhas
Corte o contact deixando no mínimo 3cm para as bordas. Meça na peça antes de cortar
Retire +/- 3 cm do papel do contact. Isso facilita na aplicação.
Comece pela parte de trás e superior da gaveta.
Faça da mesma forma nas portas


Com a espátula vá pressionando o contact sobre a peça com cuidado para não formar bolhas. Caso aconteça desgrude o contact e comece novamente. Use um guardanapo sobre a espátula para não arranhar o contact.
O mesmo nas portas
Para os cantinhos corte uma das laterais dessa forma




Dobre os cantinhos















Capriche no acabamento.
Ficará dessa forma

Nas portas dobre as laterais para o lado interno
E, se preciso, faça o acabamento usando o estilete. Cuidado para não cortar a peça.
Coloque os puxadores
Peça pronta















Viram como não é nada complicado? Só exige um pouco de tempo e paciência. Mas o resultado é perfeito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário